Secretaria de Estado da Saúde passa a divulgar boletim epidemiológico da dengue semanalmente

O boletim epidemiológico vem para dar conhecimento à população acerca do comportamento das arboviroses no estado

A fim de conscientizar a população para o combate contra o Aedes aegypti e de incentivar as medidas de prevenção, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) passa a divulgar semanalmente o boletim sobre a situação epidemiológica de dengue, zika e chikungunya, doenças transmitidas pelo mosquito vetor. 

No período analisado – 31 de dezembro de 2023 a 6 de abril de 2024 –, foram 432 casos confirmados de dengue, 141 de chikungunya e 11 confirmados de zika.  De acordo com a gerente de endemias da SES,  Sidney Sá, o boletim epidemiológico vem para dar conhecimento à população acerca do comportamento das arboviroses no estado. “É uma forma de dar transparência sobre toda a situação epidemiológica da doença, principalmente a dengue, que vem ocasionando aumento de casos em alguns estados”, explicou a gerente. 

Ações de prevenção

Diversas ações foram realizadas a fim de conscientizar o combate do mosquito transmissor Aedes aegypti.  Dentre elas, estão os dias Ds nacional e estadual, que tiveram o objetivo de alertar a população acerca dos focos do mosquito com a entrega de panfletos educativos e a participação de agentes endemias que realizaram visitas nas residências para a identificação de focos e tratamento de possíveis criadouros. 

Além da capacitação dos profissionais da rede de assistência básica e hospitalar para  manejo clínico para pacientes suspeitos de dengue; aplicação do carro fumacê em municípios com risco iminente de epidemias de dengue.

Confira o boletim epidemiológico de dengue e outras arboviroses correspondente ao período de 31/12/2023 a 6/4/2024.

Publicado: 9 de abril de 2024, 16:22 | Atualizado: 9 de abril de 2024, 16:22