Grupo técnico discute diretrizes para a Política Estadual da Cannabis Medicinal

Os profissionais abordaram toda a linha de cuidado para os pacientes que serão beneficiados a partir da implementação da Lei no Estado

Com o intuito de discutir sobre como a Política da Cannabis Medicinal será efetivamente implementada no estado, representantes da Secretaria de Estado da Saúde (SES) se reuniram na última quinta-feira, 10, a fim de iniciar as discussões técnicas acerca da temática.

O secretário da Saúde, Walter Pinheiro, esteve presente e destacou a importância da reunião. “A inclusão dos produtos derivados da Cannabis medicinal no roll de padronização da SES Sergipe trará uma importante ferramenta no arsenal terapêutico na busca de saúde e qualidade de vida para os sergipanos. Discutir as diretrizes é essencial para o plano de ação”, afirmou Walter Pinheiro.

De acordo com a coordenadora do Grupo Técnico de trabalho, Genny Guarabyra, a intenção do grupo é transformar a teoria trazida pela Lei em prática efetiva dentro do SUS. “Estamos iniciando as atividades realizando um trabalho de levantamento das evidências científicas disponíveis até o momento. Tratando-se de uma política inovadora, é imprescindível que todo esse cuidado seja pensado com vistas à qualidade e segurança do tratamento que será ofertado. Será necessário adequar a Lei nova às regulamentações já existentes e capacitar prescritores e demais profissionais de saúde que atuarão direta ou indiretamente com essa população”, contou a coordenadora.

Os profissionais iniciaram a abordagem enfatizando a importância da definição de toda a linha de cuidado para os pacientes que serão beneficiados a partir da implementação da Lei no Estado, considerando a necessidade de complementar os tratamentos já previstos nos protocolos vigentes.

Sobre a lei

A Lei Nº. 9.178, alterada pela Lei Nº. 9.236, de 10 de julho de 2023, foi aprovada com a finalidade de assegurar apoio técnico-institucional para pacientes, seus responsáveis e associações de pacientes, bem como o incentivo à pesquisa científica, além da capacitação de pessoal para prescrição, atendimento e distribuição na Rede Estadual de Saúde dos produtos à base de Cannabis spp.

Publicado: 11 de agosto de 2023, 16:13 | Atualizado: 11 de agosto de 2023, 16:13