Centro Especializado de Reabilitação Tipo 4 já tem 65% da obra concluída

Por Manuela Penacal

CER IV - Reabilitação Centro (1) A obra do Centro Especializado em Reabilitação – Tipo IV (CER IV) de Sergipe está avançada. A construção já atingiu 65% da meta e segue cumprindo o cronograma, mantendo a previsão de entrega em janeiro de 2017.

Até o momento, já foram executadas as partes estruturais do espaço com concretagem de blocos e vigas, retiradas de formas, execução do muro de contenção e da laje, além da rede de drenagem para reuso.

“Neste momento, estamos revestindo o que já foi construído e, em seguida, será feita a pavimentação e o acabamento final das instalações”, conta o diretor de planejamento da SES, Evandro Galdino.

O CER IV é fruto do investimento do Governo do Estado na ordem de R$ 16 milhões para construção. Através do serviço, Sergipe passará a contar com um espaço moderno de atenção às pessoas com deficiência, que garantirá a assistência aos pacientes desde a atenção clínica especializada até a reabilitação.

“Será o primeiro espaço no Estado destinado ao atendimento de quatro tipos de deficiências: física, auditiva, visual e intelectual, bem como as pessoas ostomizadas e com múltiplas deficiências”, explica a coordenadora da Rede Estadual de Cuidados às Pessoas com Deficiência, Renata Coutinho.

Ela ainda relembra que o Centro de Reabilitação reforçará a assistência oferecida aos bebês com Microcefalia.

Por enquanto, a gestão do CER IV está acontecendo de modo compartilhado entre a Secretaria de Estado da Saúde e a Universidade Federal de Sergipe (UFS), mas, com a entrega do equipamento de saúde, todo o gerenciamento será feito pela Universidade.

“Firmamos um Termo de Cooperação com a instituição, que em 2015 manifestou interesse nessa co-gestão”, reforça Evandro Galdino.

Para a secretária de Estado da Saúde, Conceição Mendonça, o CER IV representa uma prioridade do Governo do Estado e um importante compromisso com a população.

“Trabalharemos de maneira intersetorial envolvendo as Secretarias de Estado da Saúde, Educação e Inclusão Social com foco na reabilitação, habilitação e inserção social das pessoas com deficiência. Sem dúvida, este será um espaço onde a multidisciplinaridade fará toda a diferença, respeitando as singularidades e construindo coletivamente um projeto terapêutico que vise a autonomia das pessoas”, ressalta.

Estrutura

O CER IV funcionará atrás do Centro Administrativo, atrás do Centro de Atenção à Saúde de Sergipe (CASE), no Centro Administrativo, próximo ao Hospital Especializado em Câncer Governador Marcelo Déda Chagas. O espaço terá capacidade de atendimento de 2 a 3 mil pessoas/mês e abrigará sala de acolhimento familiar, consultórios médicos (nas especialidades de pediatria, oftalmologia, otorrinolaringologia, ortopedia e traumatologia, neurologia e neuropediatria e psiquiatria) e consultórios para atendimento com psicólogo, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, nutricionista, assistente social, enfermeiro, pedagogo e psicopedagogo. Uma oficina ortopédica para atender as demandas de órteses e próteses também contará no serviço.

O Centro contará, também, com uma sala multidisciplinar para avaliação do paciente por profissionais de várias especialidades, sala de avaliação auditiva com cabine para audiometria e outras duas: de reabilitação virtual e multiuso para orientação e mobilidade do deficiente visual.

Os usuários contarão com brinquedoteca, biblioteca adaptada, sala de vídeo, ginásio de fisioterapia ortopédica e piscina coberta e aquecida para pacientes em tratamento de hidroterapia.

Publicado: 11 de agosto de 2016, 13:50 | Atualizado: 11 de agosto de 2016, 13:50