Vigilância Ambiental promove capacitação para análise da água distribuída nos municípios sergipanos

O curso, que possui parte teórica e prática, tem o intuito de garantir a qualidade da água

Com o objetivo de preparar os profissionais, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Vigilância Sanitária, deu início nesta terça-feira, 15, à capacitação voltada para a coleta de amostras de água para análise de potabilidade com a participação de coordenadores e fiscais sanitários dos municípios sergipanos. 

O curso, que possui parte teórica e prática, tem o intuito de discutir técnicas com os profissionais que atuam na área sobre a água distribuída, a fim de garantir que a qualidade esteja fluindo corretamente nos municípios sergipanos. 

Segundo o coordenador de Vigilância Sanitária da SES, Ávio Britto, o processo de reconhecimento da potabilidade é muito importante. “Dentro desse curso mostramos como  é o processo de captar água e o reconhecimento de não contaminação e contaminação, ou seja, se a água é propícia para consumo”, explicou. 

Além disso, a capacitação contou com o apoio do Laboratório Central de Saúde Pública de Sergipe (Lacen), setor responsável pela análise de cloro em campo, pois a substância ajuda a manter a água apta para o consumo da população. 

O gerente de Saúde Ambiental da SES, Alexsandro Bueno, um dos palestrantes, destacou que o objetivo da capacitação é melhorar a técnica de coleta e entender mais sobre o programa de qualidade da água. “Precisamos dessa preparação para que possamos confiar nas amostras que são entregues aos laboratórios e assim melhorar nossas análises de potabilidade”, salientou.

Fotos: Ascom SES

Publicado: 15 de agosto de 2023, 18:18 | Atualizado: 15 de agosto de 2023, 18:18