SES realiza Oficina de Formação para Profissionais da Saúde e da Educação em Glória

Aconteceu, nesta quinta-feira, 9, durante todo o dia, no Campus Nossa Senhora da Glória da Universidade Federal de Sergipe (UFS), a Oficina de Formação para Profissionais da Saúde e da Educação ligados ao Programa de Saúde Escolar (PSE), na prevenção às IST/HIV/AIDS. O evento foi realizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (SEED) e com as Secretarias Municipais da Saúde e da Educação. Participaram diretores de escolas, coordenadores do município, profissionais da saúde e professores de diversas áreas totalizando 101 profissionais convidados.

 

Essa capacitação foi a primeira do ano envolvendo professores. Conforme informações do gerente do programa DST/AIDS da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Dr. Almir Santana, a frequência está em praticamente 100%, com envolvimento de todos os municípios da região. “É uma experiência nova, uma tentativa da Secretaria de Estado da Saúde com a da Educação de amarrar mais alguns temas, algumas ações, nas escolas. Está sendo um evento extraordinário, um momento de união entre professores e os profissionais de saúde. No final do evento eles discutiram um plano de ação para cada cidade. Contamos com o apoio da Universidade Federal de Sergipe e da Prefeitura Municipal de Nossa Senhora da Glória que deram um excelente apoio com alimentação e toda a logística”, contou.

 

A ênfase está na intersetorialidade que o Programa Saúde na Escola (PSE) tem como diretriz, nos objetivos do programa e nas ações que devem ser desenvolvidas com foco na prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), da gravidez na adolescência e da sexualidade.

 

“Este grupo está bastante interessado, todos ouviram atentamente as palestras, as três que foram executadas, foram bastante participativos, tiraram dúvidas e estão levando materiais para casa, para o município. Solicitaram também nossas apresentações e, mais que tudo, conseguimos trocar experiências. Alguns municípios deram depoimentos de como estão executando as ações do PSE na região. O encontro está sendo bastante proveitoso. Finalizaremos com os casos de saúde em relação às IST, orientações diante dos casos e um planejamento de ações que os participantes desenvolverão a partir de agora”, comentou a referência técnica do PSE na SES, Luciana de Oliveira Boaventura.

 

Para o coordenador do PSE do município de Poço Redondo, Edmilsom Moreira Feitosa, a oficina traz conhecimentos que vão ajudar no dia a dia da sala de aula, tanto para os profissionais da educação quanto para os profissionais da saúde. “O conhecimento é uma forma de estarmos prevenindo vários tipos de doenças e orientando a juventude em como viver a sexualidade com segurança e com saúde”, revelou.

 

O professor de educação física de Poço Redondo, Neifran Diniz Silva, parabeniza a iniciativa das Secretarias de Estado da Saúde e da Educação pela realização de mais uma etapa do PSE e diz: “Para a gente, enquanto professor, é importante porque aprendemos, diante de tantos acontecimentos que estão ocorrendo em relação à juventude, ligados ao sexo. A gente aprende maneiras, formas de abordar esse assunto com o objetivo de conscientizá-los da importância de utilizar a camisinha e de fazer um sexo seguro, evitando doenças transmissíveis, aids e outras que surgem através da relação sexual”, concluiu Neifran.

Publicado: 10 de agosto de 2018, 09:27 | Atualizado: 10 de agosto de 2018, 09:27