Semana do Doador encerra com campanha na Ad Bras Jardins

A coleta externa de sangue do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) realizada no último sábado, 26, em parceria com a Igreja Assembleia de Deus Jardins (AD Brás) encerrou as atividades da Semana do Doador.

Os serviços para realização da doação de sangue foram disponibilizados na nave da Igreja que foi dividida nos setores de, cadastro, pré-triagem, triagem clínica, coleta e lanche do doador.

“Estamos felizes em colaborar com esse serviço tão importante. A doação é algo simples, seguro e salva até quatro vidas”, salientou o pastor presidente, Cleverson Guimarães.

Para jovem Natália Câmara, foi uma oportunidade de realizar sua primeira doação de sangue. “É um ato principalmente de empatia, quando a gente se coloca no lugar do próximo e decide ajudar”, frisou ela.

A ação reuniu ainda, membros das congregações do Marivan, Bairro Industrial, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão, Itaporanga e Itabaiana que se mobilizaram com o intuito de ajudar a salvar vidas.

“Eu tinha vontade de ajudar, por isso chamei meus irmãos para vim fazer esse ato de bondade”, disse Douglas Samuel da Igreja do Bairro Industrial. “Eu também decidi vim participar e com meu sangue ajudar ao próximo”, acrescentou Bárbara Reis, da Igreja Jardins.

Parceria

A gerente de Ações Estratégicas, Rozeli Dantas, afirmou que a doação de sangue é um serviço de voluntariado. “Nos queremos agradecer a todos que fazem a igreja pela campanha de sucesso em prol da vida”, destacou a assistente social.

A coleta externa de sangue do Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) realizada no último sábado, 26, em parceria com a Igreja Assembleia de Deus Jardins (AD Brás) encerrou as atividades da Semana do Doador.

Os serviços para realização da doação de sangue foram disponibilizados na nave da Igreja que foi dividida nos setores de, cadastro, pré-triagem, triagem clínica, coleta e lanche do doador.

“Estamos felizes em colaborar com esse serviço tão importante. A doação é algo simples, seguro e salva até quatro vidas”, salientou o pastor presidente, Cleverson Guimarães.

Para jovem Natália Câmara, foi uma oportunidade de realizar sua primeira doação de sangue. “É um ato principalmente de empatia, quando a gente se coloca no lugar do próximo e decide ajudar”, frisou ela.

A ação reuniu ainda, membros das congregações do Marivan, Bairro Industrial, Nossa Senhora do Socorro, São Cristóvão, Itaporanga e Itabaiana que se mobilizaram com o intuito de ajudar a salvar vidas.

“Eu tinha vontade de ajudar, por isso chamei meus irmãos para vim fazer esse ato de bondade”, disse Douglas Samuel da Igreja do Bairro Industrial. “Eu também decidi vim participar e com meu sangue ajudar ao próximo”, acrescentou Bárbara Reis, da Igreja Jardins.

Publicado: 29 de novembro de 2022, 09:24 | Atualizado: 29 de novembro de 2022, 09:48


Publicações Relacionadas