Secretaria da Saúde chama atenção para a importância da vacina BCG

O imunizante permite a prevenção das formas mais graves da doença, como é o caso da meningite tuberculosa

Os últimos dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) apontam uma baixa cobertura vacinal da BCG em Sergipe, com um índice de apenas 37,45%. Diante desse desempenho, a gestão estadual reforça a importância da vacina e apela para a conscientização da população. A BCG protege contra a tuberculose, que é provocada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis. O imunizante permite a prevenção das formas graves da doença, como a meningite tuberculosa. 

Segundo o diretor de Vigilância em Saúde da SES, Marco Aurélio Góes, o estado está com a cobertura vacinal abaixo do esperado. “A cobertura é avaliada no final do ano, mas esperávamos ter chegado na metade da vacinação, pois é uma vacina muito importante e deve ser aplicada na maternidade logo ao nascer das crianças”, explicou Marco. 

Caso a criança não tenha recebido o imunizante, deve procurar uma Unidade Básica de Saúde do município de residência para a aplicação da vacina o quanto antes. “Com as altas coberturas vacinais que têm ocorrido no país nas últimas décadas, a gente conseguiu diminuir muitos casos de meningite por tuberculose e quanto maior a cobertura, mais a gente evita os casos da doença”, salientou.

Foto: Flávia Pacheco

Publicado: 4 de julho de 2023, 19:09 | Atualizado: 4 de julho de 2023, 19:23