Saúde realiza evento alusivo ao Agosto Dourado para levar conhecimento e incentivar a amamentação

O evento contou com a participação de profissionais do Banco de Leite Marly Sarney, referência estadual da rede de bancos de leite, que discutiram sobre a importância do aleitamento materno

O leite materno é essencial para os primeiros seis meses de vida de um bebê. Além de suprir as necessidades nutricionais, também é um importante vínculo entre mãe e filho. Pensando nisso, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio do Banco de Leite Humano Marly Sarney (BLH), vinculado à Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), promoveu nesta quarta-feira, 23, um evento alusivo à campanha Agosto Dourado, com o objetivo de apoiar a amamentação e a doação de leite materno. 

O evento, que contou com auditório cheio, orientou estudantes e profissionais da saúde sobre como acolher mulheres em processo de amamentação e incentivar o aleitamento materno. Ao longo do dia foram discutidos os seguintes temas: anatomia e fisiologia das mamas, restrições na amamentação, o papel do assistente social diante dos direitos da mãe trabalhadora que amamenta e a importância da amamentação exclusiva e sua complementação. 

O secretário de Estado da Saúde, Walter Pinheiro, que estava presente no evento, destacou o quanto o aleitamento materno é necessário para o desenvolvimento do bebê. “É muito bom ver um auditório com tantas pessoas para tratar de um tema que conecta muita gente e que faz a diferença na vida da criança, da mãe e da família. Nós sabemos que o aleitamento materno é um dos pilares da saúde quando se fala da primeira infância, como um alimento exclusivo e suas propriedades, além do vínculo que é criado entre a mãe e o bebê no momento da amamentação”, ressaltou.

De acordo com a coordenadora do Banco de Leite Marly Sarney, Bárbara Reis, a ideia de promover o evento, em parceria com a universidade Estácio de Sá, foi de levar informações e conhecimento sobre a importância da amamentação aos estudantes dos cursos da área da saúde e aos profissionais que atuam no mercado.

“Nós sabemos que o aluno hoje é o profissional do amanhã, e quanto mais a gente falar da amamentação, mas conseguimos desmistificar alguns mitos. Muitos profissionais poderão trabalhar nas Unidades Básicas de Saúde, então quando você sai com um conhecimento maior, será mais propício para que as mães evitem erros durante a amamentação. Neste mês tão importante, queremos capacitar os futuros profissionais sobre os diversos desafios do aleitamento materno, principalmente na maneira correta de acolher as mães nesse momento de conexão e nutrição do bebê”, explicou.

Doação de leite

Segundo a pediatra do Banco de Leite, Diana Melo, a campanha do Agosto Dourado também é responsável por incentivar a doação de leite materno. “É importante convidar as mães que produzem leite em excesso para doação no Banco de Leite, e assim salvar vidas de bebês que estão em situação de alto risco”, reforçou a pediatra.

A nutricionista e responsável técnica do Banco de Leite, Miriam Duarte, lembrou que o incentivo à amamentação ocorre durante o ano todo, e que o mês do Agosto Dourado é uma intensificação dessa campanha. “O intuito deste ano é colaborar com mães e pais que estão amamentando, ou seja, ensinar como conciliar a amamentação com a rotina de trabalho e o cotidiano”, disse.

Fotos: Mário Sousa

Publicado: 23 de agosto de 2023, 15:56 | Atualizado: 23 de agosto de 2023, 15:56