Programas do Governo do Estado promovem saúde e devolvem qualidade de vida aos sergipanos

A implantação de cinco programas cruciais para o fortalecimento da saúde possibilitaram mais bem-estar à população de Sergipe em 2023

O ano de 2023 foi marcado por muitas transformações na vida dos sergipanos. A implantação de cinco programas pelo Governo do Estado, foram cruciais para o fortalecimento da saúde possibilitando mais cuidado e assistência especializada. Além das cirurgias eletivas e oftalmológicas, outros serviços como avaliação odontológica, fácil acesso às consultas com especialistas do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, bem como a diminuição do tempo resposta nas ocorrências de urgência e emergência com o serviço aeromédico estiveram à disposição da população. 

Dona Maria Izabel de Sá Souza, de 68 anos, é um exemplo disso, beneficiada pelo programa Opera Sergipe, a dona de casa passou por uma histerectomia, cirurgia indicada para mulheres com problemas graves na região pélvica. A intervenção cirúrgica devolveu o seu bem-estar e a esperança de dias melhores. “Há quatro meses fui diagnosticada com pólipos, e mesmo na fase da menopausa, estava com sangramento. Então, o meu médico me encaminhou para o Opera Sergipe e depois disso tudo foi muito rápido. Fiz a minha cirurgia e estou indo para casa com saúde e alegria para ter mais qualidade de vida”, disse dona Maria Izabel.

Assim, como Dona Izabel, outras 5.770 pessoas tiveram a esperança renovada ao passar por procedimentos cirúrgicos que mudaram suas vidas. Em cinco meses, o Opera marcou a história dos sergipanos. Heber Cândido da Silva Gomes, de 39 anos, sabe bem a importância do cuidado. “Minha esposa tem um problema sério de pressão arterial, e nas duas gestações ela correu risco de vida e não pôde fazer a cirurgia de laqueadura. Para que ela não engravide novamente, eu resolvi fazer a vasectomia. Eu não quero ver minha esposa sofrendo novamente. Para mim é uma forma de declarar meu amor por ela”, contou.

Com o investimento de mais de 56 milhões, o Opera Sergipe é uma iniciativa do Governo de Sergipe com a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Para a realização dos procedimentos eletivos foram contratualizados o Hospital Amparo de Maria, no município de Estância; o Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Lagarto, e o Hospital Senhor dos Passos, em São Cristóvão. Com objetivo de atender a população da capital, foi lançada, no dia 07 de dezembro, a etapa Aracaju, e foi feita a contratualização do Hospital e Maternidade Santa Izabel.

Cuidado oftalmológico

Assim como o Opera, o Programa Enxerga Sergipe veio para devolver a saúde das pessoas que sofrem com catarata, que é uma das principais causas de cegueira reversível no mundo, atingindo muitas pessoas, como foi o caso da aposentada Elenice Lima, de 65 anos. A aposentada enxergava as coisas de forma turva devido a doença no olho direito, mas que após a realização de sua cirurgia pelo programa, voltou a enxergar totalmente. 

“A minha visão era totalmente embaçada no olho direito, não conseguia fazer coisas simples como ler. Voltar a enxergar totalmente é a melhor sensação. Agradeço ao Enxerga Sergipe por ter devolvido a minha felicidade e o meu bem-estar físico de forma atenciosa”, contou a aposentada. 

Quem também sofreu com a catarata foi a dona de casa, Laurita de Almeida, de 61 anos. Ela contou que a sua visão começou a ficar turva aos poucos e prejudicando os afazeres domésticos. “Foi um programa que veio para ajudar a quem necessita e fiquei muito feliz em poder participar do Enxerga Sergipe, recuperando a visão e, consequentemente, voltando a fazer atividades do meu dia a dia”, comemorou. 

Com o intuito de recuperar a saúde ocular, o Enxerga Sergipe foi iniciado no mês de julho de 2023 e já contribuiu de forma positiva com a vida de 2.745 sergipanos que realizaram o procedimento de catarata. O programa contempla as regiões de saúde de Nossa Senhora do Socorro, Estância, Itabaiana, Propriá e Lagarto. Desse total, 733 foram pela Regional de Nossa Senhora do Socorro; 914 pela Regional de Itabaiana; 340 pela Regional de Lagarto; 579 de Estância e 179 da Regional de Propriá.

Mais assistência

Em se tratando de prevenção e cuidado com a saúde bucal, a avaliação odontológica foi disponibilizada à população a partir da 7ª edição do ‘Sergipe é aqui’, ação itinerante do Governo do Estado. O serviço teve como objetivo a detecção precoce do Câncer de Cavidade Oral, mais conhecido como Câncer de Boca, assim como informar a população, reduzir a incidência e o avanço do câncer em cavidade oral no estado. Ao longo dos meses foram realizados 1.364 atendimentos. 

A aposentada Izabel Santos Vieira, de 45 anos, foi uma das pacientes que passaram pela avaliação odontológica do Sorrir Sergipe, e contou que o serviço trouxe alívio para muitos que necessitavam. “Foi uma avaliação muito qualificada e atenciosa que muitos estavam precisando. Por isso, é muito importante cuidar de nossa saúde para a mantermos em dia e evitar doenças”, salientou Izabel. 

 Consulta ao alcance das mãos

Para fortalecer o processo de trabalho na Atenção Primária à Saúde (APS), foi criado o Telenordeste. Por meio da teleinterconsulta, é possível realizar a troca de informações e opiniões entre profissionais através das tecnologias digitais, com ou sem a presença do paciente junto ao profissional assistente. Atualmente, 51 municípios estão cadastrados no projeto para receberem assistência médica especializada na região Nordeste do Brasil por meio da telemedicina. 

Em Sergipe, mais de três mil teleinterconsultas foram realizadas durante o triênio de 2021-2023, proporcionando uma assistência médica especializada e ampliando cada vez mais a telemedicina. Entre as especialidades disponibilizadas no projeto estão: Neurologia adulto e pediátrica; Psiquiatria adulto e pediátrica; Cardiologia; Endocrinologia; Fisiatria; Médico de família e comunidade; Nutrição e Enfermagem. 

A residente do município de Lagarto, Rosana Catarina dos Santos, foi uma das assistidas pelo programa. “Gostei muito de ter o privilégio de ter um médico de longe, ao mesmo tempo próximo da gente. Agora com o Telenordeste ficou ainda melhor o atendimento”, ressaltou a paciente. 

O TeleNordeste é um projeto que faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS), sendo executado pelo Hospital Alemão Oswaldo Cruz, demandado pela Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde (Saps/MS), com apoio do Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass).

Agilidade e integração 

A fim de ter um melhor tempo resposta nas ocorrências para aumentar as chances de sobrevida do paciente, foi criado o serviço aeromédico. Implantado em maio de 2023, por meio do Termo de Cooperação assinado entre a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP), a parceria visa garantir um atendimento rápido e eficiente à população com a integração das instituições para a realização de ocorrências de urgência por meio do transporte aeromédico que conta com um total de 29 profissionais, sendo 15 médicos e 14 enfermeiros emergencistas habilitados pelo estágio de qualificação para tripulação de voo. 

Foram mais de 90 atendimentos pelo serviço de resgate aeromédico ao longo dos seis meses de operacionalização em 2023 que possibilitou um atendimento ágil e eficaz nos atendimentos de urgência e emergência. Uma dessas pessoas foi o Leonardo, filho de Joice Rodrigues, que contou da importância que o serviço trouxe para salvar a vida do seu pequeno. 

“Foi um acidente na escola e foi tudo muito rápido. Quando fiquei sabendo, meu filho já estava em uma unidade recebendo atendimento, mas precisou ser transferido por necessitar de uma assistência qualificada. Agradeço muito a Deus e a equipe do serviço aeromédico que foi muito eficaz e agiram de forma rápida diante da situação do meu filho e foram fundamentais para ele estar vivo”, ressaltou Joice.

Fotos: Mário Sousa | Flávia Pacheco | Flávia Daniela

Publicado: 29 de dezembro de 2023, 11:17 | Atualizado: 26 de março de 2024, 09:44