Pós-graduação em Saúde Pública especializa profissionais do SUS

O curso visa qualificar os trabalhadores para melhor atender a população

A Fundação Estadual de Saúde, por meio da Escola de Saúde Pública de Sergipe- ESP/SE, realizou mais uma aula da segunda turma de Pós-Graduação em Saúde Pública. Nesta semana, foram abordados temas como Política de Saúde, Trabalho em Saúde e Interprofissionalidade. O objetivo é ofertar aos profissionais da área, especialização para promover atendimento de ponta aos usuários do SUS em Sergipe. 

A Professora Élida Martins explica que essa disciplina trata da história da Saúde Pública e do Sistema Único de Saúde (SUS), no sentido de que os gestores e todos os trabalhadores da Saúde envolvidos em política de saúde, sejam capacitados como especialistas, passando a viabilizar um melhor atendimento à população. “É importante frisar que o profissional bem capacitado e bem informado, repassa à comunidade as boas práticas da saúde”, disse Élida. 

A superintendente da ESP/SE, Daniele Travassos, ressalta que é importante melhorar a qualidade da atenção à saúde no SUS. “Esse curso de Especialização em Saúde Pública contribui para a qualificação dos profissionais de saúde, formando trabalhadores mais comprometidos com a transformação permanente da realidade de saúde”, afirma. 

A coordenadora do curso, Lays Bomfim, destaca que o objetivo da pós é qualificar os trabalhadores de saúde do SUS de Sergipe para uma melhor atuação em suas práticas profissionais.

Educação permanente 

A aluna Aline Rabelo relata que é psicóloga e servidora da Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju (SMS). De acordo com ela é muito importante estar em processo de educação permanente, se especializando, atualizando os conhecimentos, fortalecendo e dando corpo ao currículo, o que reflete nos serviços prestados à população. “É uma ótima oportunidade de especializar os trabalhadores em saúde. Isso reflete em um processo de gestão qualificada”, pontua.

Para a fisioterapeuta, Josie Noêmia Calazans, a pós-graduação é um marco que oferece uma nova visão na área de saúde, com uma metodologia ativa. “Dessa forma é incentivado o raciocínio e o debate, entre pessoas de vários campos de trabalho, o que será revertido em ações positivas para a sociedade”, afirma a aluna.

Foto: Ascom SES

Publicado: 13 de julho de 2023, 18:52 | Atualizado: 13 de julho de 2023, 18:55