População destaca assistência qualificada e célere do Hospital da Criança

Nesta quarta-feira, mais 11 leitos infantis foram entregues pelo Governo do Estado para compor a rede pediátrica e atender a demanda sazonal

A entrega de mais 11 leitos pediátricos no Hospital da Criança Dr. José Machado de Souza, ocorrida nesta quarta-feira, 19, é mais um importante passo do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), no reforço à assistência às crianças e adolescentes em Sergipe. Pais e responsáveis aprovam a medida, que garante um atendimento mais ágil a esse público mais atingido pelos efeitos das doenças virais. Com a ampliação dos leitos, as crianças poderão receber ainda mais assistência e atendimento humanizado para tratar as síndromes gripais, comuns nessa época do ano.

A dona de casa Catiane Oliveira é mãe da pequena Eloá, de 2 meses, que foi diagnosticada com bronquiolite e está internada no Hospital da Criança. Para ela, a ampliação veio em uma boa hora. “Quando eu cheguei com a minha bebê, não havia vaga. Mas, com os leitos novos, a minha filha pôde ser atendida com a melhor atenção e estrutura para ficar internada. Os profissionais são atenciosos e ela já apresenta uma melhora significativa devido ao acolhimento no hospital, e eu não tenho o que reclamar”, contou Catiane. 

O pequeno Miguel, de 8 meses, também é uma das crianças com bronquiolite e tem recebido todo acolhimento necessário para tratar a doença no Hospital da Criança. A mãe Beatriz Estefane contou que o novo ambiente traz sensibilidade neste momento difícil. “Os leitos são aconchegantes e estamos recebendo todo cuidado e atenção. Estamos há três dias aqui e ele já apresenta uma melhora em seu quadro e fico muito aliviada em ver meu filho tendo a saúde restabelecida e com o suporte que precisa”, relatou Beatriz. 

Quem compartilha do mesmo sentimento é Germana Santana. O seu filho Cauã tem 1 mês e 17 dias e está sendo acompanhado no hospital devido à bronquiolite. “Estamos sendo bem acolhidos pelos médicos e enfermeiras. A ampliação veio em um momento importante para atender todas as crianças que estão precisando desse atendimento especializado, como é o caso do meu filho”, disse. 

Ampliação de leitos 

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Walter Pinheiro, a ampliação é fruto do compromisso que o Governo do Estado possui para o cuidado com as crianças. “Estamos empenhados para o plano de ação efetivo como resposta adequada ao momento de sazonalidade. Hoje, entregamos mais 11 leitos qualificados, mas com possibilidade de aumento dos pontos de observação mediante a necessidade para que cada vez mais a gente possa proporcionar assistência às crianças”, destacou o secretário. 

Para os próximos dias, a estimativa é que a rede estadual pediátrica passe a contar com mais dez leitos de enfermaria no Hospital Regional de Estância e seis leitos de enfermaria no Hospital Regional de Nossa Senhora do Socorro. 

Além disso, as instalações do Banco de Leite serão utilizadas para comportar mais pontos de observação, um posto de enfermagem, uma sala de procedimentos e dois consultórios médicos.

Número de leitos

Atualmente, a rede conta com 338 leitos. Em 1 ano e seis meses de gestão, foram incorporados mais cem leitos, o que representa 42,% de ampliação de leitos pediátricos no Estado, evidenciando o compromisso e prioridade com o cuidado necessário às crianças.                                                                                                                                                                                         

Para enfrentamento ao aumento de casos nesse período sazonal, foram entregues seis leitos no Huse (vermelha); 25 no Santa Isabel (dez leitos de enfermaria e 15 semicríticos); dez unidades no Hospital Regional de Nossa Senhora do Socorro (dois vermelha e oito pontos de observação); um no Hospital Regional de Itabaiana (vermelha); um no Hospital Regional de Glória (vermelha), cinco leitos no Hospital Universitário de Lagarto (semicríticos) e dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Universitário de Aracaju, além dos 11 leitos do Hospital da Criança e mais pontos de observação.

Fotos: Flávia Pacheco

Publicado: 19 de junho de 2024, 16:17 | Atualizado: 19 de junho de 2024, 16:17