MNSL realiza 65 atendimentos e 44 partos no final de semana

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), é referência no atendimento a gestantes de alto risco e bebês prematuros, recebeu 65 pacientes durante o fim de semana, 18 e 19. Desses, 33 internamentos, 31 atendimentos com altas e uma transferência durante o período, comprovando a resolutividade na assistência prestada.

No Centro Cirúrgico da maternidade, foram contabilizados no período, 51 procedimentos, entre eles, 44 partos, quatro curetagens, uma cirurgia obstétrica e duas cirurgias neonatais durante o final de semana, informou a gerente do Centro Cirúrgico, Camila Tâmara Farias Santos.

 

No período, houve um caso de violência sexual a um maior de idade. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 20. O Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual funciona 24 horas na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, de domingo a domingo, onde as pacientes fazem o acompanhamento durante seis meses com uma equipe multiprofissional, composta por médicos, enfermeiros, psicólogos,  auxiliares de enfermagem e assistentes sociais.

 

PORTA ABERTA

A MNSL, assim como todas as unidades inseridas no Sistema Único de Saúde (SUS), funciona no regime de porta aberta, 24h, prestando assistência a todos pacientes de alto risco que dão entrada na instituição. Além dessas usuárias a maternidade atende pacientes vítimas de Violência Sexual, os quais resultaram em um atendimento, no domingo (19). A Unidade fica localizada na Avenida Tancredo Neves, nº 5.700. O telefone para contato é o  3225-8650

Publicado: 20 de agosto de 2018, 11:03 | Atualizado: 20 de agosto de 2018, 11:03