‘Lourdinha’ atendeu a 248 pacientes na última semana

Por Júnior Matos

Na última semana, de 9 a 15 de janeiro, a Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL) realizou 248 atendimentos. A unidade, gerenciada pela Fundação Hospitalar de Saúde (FHS), é referência na assistência à gestante de alto risco e aos recém-nascidos prematuros.

Durante a semana foram contabilizados 61 partos normais, 49 cesarianos, além de dez curetagens. Já na admissão, foram atendidas 248 pacientes com 87 admissões. A unidade hospitalar trabalha com o sistema de Acolhimento com Classificação de Risco.

“O foco é sempre a assistência qualificada. No setor de admissão, as gestantes são avaliadas e as que apresentam quadro clínico de alto risco são encaminhadas para tratamento ou até mesmo para o Centro Obstétrico, onde será realizado o parto. Já as que não possuem quadro de saúde de alto risco também recebem assistência na MNSL e, logo em seguida, são transferidas ou liberadas para o pré-natal”, afirma a gerente do setor de admissão da MNSL, Lourivânia Prado.

Após ser admitida na MNSL, Ana Luzia Gomes segue em tratamento para controlar a diabetes gestacional. “Aqui recebo um bom atendimento dos profissionais. Sigo em tratamento e, em pouco tempo, serei submetida ao parto. Estou muito feliz aqui na Lourdinha”,conta.

A MNSL também é referência no acolhimento às vítimas de violência sexual, ofertando atendimentos clínicos e psicológicos. Na semana, foi registrado um caso de criança ou adolescente.

Publicado: 17 de janeiro de 2017, 11:45 | Atualizado: 17 de janeiro de 2017, 11:45