Huse realiza 3ª edição da Feira de Segurança do Paciente

O evento é alusivo ao Dia Mundial da Sepse e Dia Mundial da Segurança do Paciente

O Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse) promoveu na última quarta-feira, 27, a 3ª edição da Feira de Segurança do Paciente. O evento, realizado pelo Núcleo de Epidemiologia, Segurança do Paciente e Controle de Infecção (Nespih) da unidade hospitalar, aconteceu na área de convivência e reuniu pacientes, acompanhantes e profissionais da saúde que atuam no hospital. 

A Feira é alusiva a datas importantes comemoradas em setembro como o Dia Mundial da Sepse, proposto pela Aliança Global para Sepse (Global Sepsis Alliance), celebrado em 13 de setembro, e o Dia Mundial da Segurança do Paciente, iniciativa instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS), comemorado em 17 de setembro.  

Por meio de atividades lúdicas e educativas, os participantes aprenderam sobre como prevenir eventos adversos e a importância de aderir ao tratamento. Durante o evento, pacientes, acompanhantes e profissionais da saúde participaram de diversas brincadeiras como a caixa mágica, para identificação de sujidades nas mãos e a importância da higiene, pescaria com perguntas sobre os principais cuidados dentro do hospital, tiro ao alvo com a atividade de antibiótico na hora certa, outros jogos e sorteio de brindes. 

A enfermeira do Nespih, Ellen Koga, destacou a importância da Feira de Segurança do Paciente. “Estamos diante de um mês muito relevante, inclusive mundialmente, o destaque da feira foi a identificação e tratamento precoce da Sepse. Nosso objetivo foi desenvolver esta atividade, de forma divertida, para integrar e informar familiares e pacientes e  sobre como eles podem ser barreiras importantes na prevenção de eventos adversos. É um esforço conjunto que, somados, ajuda e protege o paciente. Todo mundo tem a sua parcela de responsabilidade quando se trata do ambiente hospitalar”, enfatizou.

O jovem de 20 anos, Victor Daniel Santos, está internado no Huse para acompanhamento e tratamento de caroços que surgiram na pele, costas e rosto. Logo que iniciou a atividade, foi participar do evento. “Achei muito divertido. Participei logo de uma brincadeira de concentração. Foi muito bom porque exercitou o meu autocontrole e tira um pouco o foco das nossas preocupações. A gente sai do leito, conhece outras pessoas e troca conhecimentos”, comentou.  

Sobre a sepse

De acordo com o Instituto Latino Americano de Sepse (Ilas), o Brasil possui uma das maiores taxas de letalidade por sepse no mundo. Antes conhecida como septicemia ou infecção generalizada, a sepse se configura como uma resposta inadequada do próprio organismo contra uma infecção localizada em qualquer órgão do corpo, ocasionando, assim, um mau funcionamento de um ou mais órgãos.  Entre as causas da infecção estão as bactérias, vírus, fungos e protozoários. 

Campanha global

O tema da campanha global de 2023 é “Engajamento de pacientes pela segurança do paciente” e traz como lema da campanha “Eleve a voz dos pacientes!”, enfatizando o papel crucial que pacientes, familiares e acompanhantes desempenham na segurança dos cuidados de saúde. Os estudos destacam que, quando os pacientes são tratados como parceiros em seus cuidados, ganhos significativos são obtidos na segurança, na satisfação do paciente e nos resultados de saúde. 

Entre os principais objetivos da campanha estão o aumento da conscientização global sobre a necessidade de envolvimento ativo dos pacientes, familiares e acompanhantes com a finalidade de melhorar a segurança do paciente em serviços de saúde e capacitar pacientes, familiares e acompanhantes para se envolverem ativamente nos cuidados com a  saúde, promovendo a melhoria da segurança e da qualidade dos cuidados prestados em serviços de saúde.

Fotos: Ascom SES

Publicado: 28 de setembro de 2023, 16:03 | Atualizado: 28 de setembro de 2023, 16:03