Hospital de Urgências de Sergipe registrou 462 atendimentos de emergência no primeiro final de semana de julho

Dados são referentes ao período de 7 a 9 de julho; acidentes de trânsito lideram as ocorrências, com 55 casos

O primeiro final de semana do mês de julho teve uma grande demanda de atendimentos de emergência no Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse). No total, a unidade hospitalar registrou a entrada de 462 pacientes oriundos de Sergipe e de estados vizinhos, como Bahia e Alagoas. Os dados são referentes aos dias 7 a 9. Entre os casos de maior ocorrência, estão os acidentes de trânsito, com 55 atendimentos. 

Sobre os acidentes de trânsito, o Huse volta a alertar para a crescente incidência de casos envolvendo motocicletas. No total, a unidade atendeu 33 pacientes, um dado considerado alto, pois o número representa 60% dos acidentes de trânsito atendidos no hospital durante o período.

Além desse tipo de ocorrência, o Huse contabilizou a entrada de 13 pacientes, decorrentes de violência urbana, a exemplo de ferimentos de arma branca, arma de fogo, espancamento e agressão física; como também de traumas diversos, com um total 37 atendimentos, e de quedas (51).

Baixa complexidade

Apesar de ser um hospital considerado de média e alta complexidade, o Huse continua recebendo muitos pacientes considerados de baixa complexidade, ou seja, que poderiam ser atendidos em Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ou de Pronto Atendimento (UPAs). 

No total, a unidade hospitalar computou 287 atendimentos durante o período, representando 60% das ocorrências. Sobre os principais registros, estão: dores nas articulações (38); dores abdominais (26); dores de cabeça, inflamação na garganta, viroses e doenças respiratórias (23); e tosse, febre, cansaço, vômitos e desmaios (16).

Ainda sobre os atendimentos de menor gravidade, o Huse somou um número significativo de pacientes que acessaram os serviços da unidade com reclamações de mordidas ou picadas de animais peçonhentos, pressão baixa ou alta, anemia, hemorroida, alergia, diabetes, dor nos olhos, dor de dente, dor no ouvido, entre outros.

Foto: Flávia Pacheco

Publicado: 11 de julho de 2023, 16:33 | Atualizado: 11 de julho de 2023, 16:33