Hemose: Voluntários realizam campanhas para incentivar doação de sangue

Por  Rosângela Cruz

A mobilização para ajudar no atendimento a pacientes que necessitam realizar transfusão sanguínea segue com o apoio de parceiros fiéis ao Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose). De acordo com dados da gerência de Captação de Doadores, neste início de ano já foram agendadas 14 campanhas em janeiro e outras nove na primeira quinzena de fevereiro.

Entre os parceiros estão os Colégios Professor Fernando Azevedo, de Nossa Senhora das Dores; João XXIII, de Ribeiropolis; os projetos Salve +1, de Cristinópolis; Todos por Tainah, proveniente de Lagarto; Amigos de Darci; e a Igreja Adventista do Sétimo Dia.

No início do ano, um novo grupo se uniu à corrente de solidariedade: foram os atletas do Muay Thai, que realizaram a primeira doação ainda em janeiro. A ação foi mobilizada pelo professor e atleta da modalidade, Fabrício Alagoinhas, que convidou amigos e alunos para também se envolver na iniciativa, e já garantiu que a campanha retornará ao Hemocentro em outra oportunidade.

A iniciativa dele e de outros parceiros é celebrada pela gerente de Captação, Rozeli Dantas. Ela destacou que o agendamento das campanhas é, em sua maioria, estimulado por uma pessoa que quer ajudar ou percebeu nas redes sociais a necessidade de doação de sangue para atender algum paciente. “É esse sentimento de solidariedade que gera a formação desses grupos. Eles ligam buscando informações e solicitando o transporte para vim fazer a doação”, salientou.

Participação dos jovens

A gerente ressaltou que o incentivo de empresas e instituições de ensino superior, de nível médio e cursos profissionalizantes, tem contribuído para a sensibilização de estudantes de todas as idades. “Logo no início do mês recebemos alunos de duas unidades de ensino que se mostraram interessados em conhecer o serviço e ajudar as pessoas que necessitam”, lembrou.

Rozeli Dantas contou sobre um grupo de menores de idade, entre 16 e 17 anos, que doou sangue no Hemocentro. “Foi uma demonstração de sensibilidade com o problema do próximo, principalmente porque eles precisaram pedir autorização dos pais para realizar a doação. Ficou clara a vontade de ajudar”, concluiu.

Para realizar o agendamento de campanhas de doação de sangue e o cadastro de medula óssea é necessário entrar em contato com o Serviço Social do Hemocentro de Sergipe, através dos telefones 3225-8000, 3225-8039 e 3259- 3174, ou comparecer à unidade que funciona de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 17h30, e aos sábados e feriados, das 7h às 11h.

Publicado: 17 de fevereiro de 2016, 21:33 | Atualizado: 17 de fevereiro de 2016, 21:33