Obras estruturais do Hospital do Câncer estão 60% concluídas

Nos seis primeiros meses de gestão estágio da obra avança 56%; investimento inicial previsto para a construção do Hospital do Câncer de Sergipe é de R$ 106 milhões

O Hospital do Câncer de Sergipe, equipamento do Governo do Estado, está com 60% das obras estruturais concluídas. Somente em seis meses, o percentual, que era de 4%, avançou 56%. A unidade, que deverá entrar em funcionamento em outubro de 2024, oferecerá total assistência no diagnóstico e tratamento de câncer para a população sergipana.

O investimento inicial previsto para a obra é de R$ 106 milhões. O secretário de Estado da Saúde, Walter Pinheiro, visitou, nesta terça-feira, 20, as obras localizadas no Centro Administrativo de Aracaju, e destacou a importância da unidade para a Rede Oncológica de Sergipe. “É um equipamento que certamente trará um impacto muito positivo na assistência à população sergipana. Estamos entrando em um momento importante de avanço das obras do equipamento, com estimativa que ano que vem ele seja entregue”, disse. 

Segundo informou a diretora da Atenção Especializada à Saúde, Marli Francisca Palmeira, o estado dispõe atualmente de três Unidades de Alta Complexidade com serviços voltados à Atenção Oncológica: Hospital de Urgências de Sergipe Governador João Alves Filho (Huse), Hospital de Cirurgia e Hospital Universitário de Aracaju (HU). Com a nova unidade, a Rede de Atenção Oncológica será ampliada e fortalecida, proporcionando melhor assistência aos usuários. 

“O Hospital do Câncer vem para fortalecer a Rede de Atenção Oncológica do estado. Precisamos, cada vez mais, proporcionar ao usuário a qualidade na assistência, onde ele tenha condições de ter uma linha de cuidado, um serviço de apoio diagnóstico e um tratamento eficaz. Então, o hospital vem para qualificar ainda mais a assistência de alta complexidade e ampliar a oferta de serviço que temos no estado”, enfatizou a diretora. 

Obras

A obra será dividida em  blocos A, B e C e quatro pavimentos. No que se refere a assistência, a unidade contará com 126 leitos de internação,10 Unidades de Terapia Intensiva Adulta (UTI), 10 leitos de Unidade de Terapia Pediátrica, emergência com quatro leitos, urgência com 16 leitos de observação, centro cirúrgico com seis salas, apoio diagnóstico e imagem,  ambulatório adulto e pediátrico com centro cirúrgico próprio, além de serviços de  quimioterapia e radioterapia.    

O gerente de Obra, Paulo Ricardo Cruz, explicou quais serão os próximos passos da execução. “A parte de infraestrutura está praticamente finalizada e agora começou a parte de vedação. A estrutura está em cerca de 60%. Após isso daremos sequência na parte de instalação e, mais para frente, a parte de fachada e revestimento interno”, finalizou. 

Fotos: Mário Sousa

Publicado: 20 de junho de 2023, 16:41 | Atualizado: 21 de junho de 2023, 07:41