Enxerga Sergipe já contribuiu para qualidade de vida de 2.650 sergipanos

O programa é uma parceria entre o Governo do Estado e os municípios sergipanos. Ele contempla as regiões de saúde de Nossa Senhora do Socorro, Estância, Itabaiana, Propriá e Lagarto

Os problemas oftalmológicos podem causar dificuldades na visão e, até mesmo, a cegueira em casos mais graves. Atividades básicas como ler um livro, cozinhar ou caminhar costumam passar despercebidas na rotina, mas para as pessoas que sofrem com catarata são tarefas que se tornam difíceis de serem realizadas no dia a dia. Com a intenção de recuperar a saúde ocular de pessoas que enfrentam esses problemas, o Governo do Estado criou o Enxerga Sergipe para proporcionar mais qualidade de vida aos sergipanos. 

A vendedora ambulante Mirabel da Paixão Chagas tem 53 anos e está entre as pacientes do programa. A sua visão começou a falhar após se descuidar do diabetes. Atividades como pegar um ônibus, ler livros, assistir TV e realizar as tarefas cotidianas são simples ações que a vendedora não conseguia mais fazer devido ao problema oftalmológico. “Sou uma mãe de família que, antes, resolvia as coisas sozinha e era completamente independente e, com a catarata, tudo mudou. Agora, com a realização da cirurgia, acredito que minha visão vai me permitir voltar à vida normal. Agradeço ao Governo do Estado por essa iniciativa que está beneficiando tantas pessoas assim como eu de forma tão cuidadosa e prática”, relatou Mirabel. 

João Alves da Silva, de 63 anos, é autônomo e também conseguiu fazer sua cirurgia de catarata. Ele perdeu alguns trabalhos por conta do problema oftalmológico e viu sua vida mudar. “O meu procedimento foi tranquilo e rápido. Estou muito feliz por ter tido a oportunidade de recuperar a minha saúde e sou grato ao Governo do Estado pelo programa, que é essencial e tem ajudado todos nós que sofremos com problemas de visão. A minha expectativa, a partir de agora, é enxergar cada vez melhor as coisas que antes faziam falta para mim”, destacou o autônomo. 

Quem partilha do mesmo sentimento é a aposentada Iranildes Ribeiro, de 64 anos, que tem catarata e glaucoma em estágio avançado e não consegue enxergar nada. “Descobri a minha doença há cerca de três anos e hoje em dia, só consigo reconhecer a voz e não vejo nada. Atividades que eu gosto, como ler a Bíblia, passear ou fazer compras me fazem muita falta. Gosto de ser independente e, atualmente, sou totalmente dependente, mas graças a Deus e ao Governo de Sergipe vou poder ter mais qualidade de vida a partir da cirurgia de catara”, contou. 

Já a dona de casa Ivalda Vieira Santos, de 58 anos, apresentou o problema de catarata há dois anos, com sintomas como a vista embaçada logo no início. “Comecei a ver tudo turvo e foi quando fui ao médico e ele falou da necessidade da cirurgia. Estou muito feliz e confiante que vou voltar a enxergar perfeitamente e que o Enxerga Sergipe veio em uma boa hora para beneficiar toda a população”, disse. 

Procedimentos oftalmológicos

A catarata é a principal causa de cegueira reversível no mundo e é causada pela perda de transparência da lente natural do olho, deixando a visão opaca. O oftalmologista e cirurgião do Enxerga Sergipe, Thiago Amorim, explicou que o procedimento é bastante minucioso. “É uma cirurgia de alta complexidade que é realizada em torno de cinco a seis minutos em média e que exige um cuidado detalhista. Ressaltamos que os pacientes devem evitar contato com poeira, animais de estimação e mãos sujas para que o pós-operatório seja tranquilo e seguro”, orientou o cirurgião. 

Cirurgias realizadas

Desde o início das cirurgias, no mês de julho de 2023, o Enxerga Sergipe já realizou 2.650 procedimentos oftalmológicos. Em Japoatã, no período de 27 a 29 de julho, ocorreram 180 cirurgias. No município de Itabaiana, 913 procedimentos foram realizados de 10 a 12 de agosto e de 28 a 30 de setembro.

No município de Lagarto, no período de 31 a 02 de setembro, 340 pessoas foram contempladas com o Enxerga Sergipe, enquanto que, em Estância, houve 579 cirurgias efetuadas no período de 20 a 23 de setembro. 

Em Nossa Senhora do Socorro, 638 pessoas se beneficiaram com o programa do Governo do Estado, no período de 16 a 18 de novembro e de 23 a 25 de novembro. 

Programa

O Enxerga Sergipe é uma parceria entre o Governo do Estado e os municípios sergipanos que contemplam as regiões de saúde de Nossa Senhora do Socorro, Estância, Itabaiana, Propriá e Lagarto. 

O processo é iniciado após consulta oftalmológica que conste a necessidade de cirurgia de catarata. Havendo a necessidade do procedimento, o paciente deve procurar a Secretaria de Saúde do seu município com um documento oficial de identificação e comprovante de residência para que a solicitação seja enviada aos municípios sedes da região de saúde. 

As regiões de saúde irão encaminhar as relações unificadas ao prestador que realiza a triagem dos pacientes, por meio de uma consulta a fim de verificar se as pessoas estão aptas para a realização do procedimento cirúrgico.

Fotos: Ascom SES

Publicado: 28 de novembro de 2023, 12:31 | Atualizado: 27 de março de 2024, 09:32