Ambulatório de Seguimento antecipa o Natal com os Palhaços de Propósito

A trupe realizou brincadeiras e as crianças e distribuiu presentes doados pelos servidores

O Ambulatório de Seguimento do Recém-nascido de Alto Risco ‘Maria Creuza de Brito Figueiredo’ (antigo Follow-up), unidade vinculada à Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), realizou atividades lúdicas com o grupo Palhaços de Propósito para celebrar, de forma antecipada, o Natal. Foram distribuídos presentes doados pelos servidores às crianças e houve lanches também para pais e acompanhantes.

De acordo com a gerente do Ambulatório, Glória Barros, sempre que é possível é realizada alguma atividade em datas importantes, como Dia da Criança, Semana da Prematuridade e o Natal, por exemplo. “Nós nos organizamos e sempre fazemos alguma ação, porque trabalhar com criança é sempre ter o que festejar, pois as crianças são alegres, são inocentes e espontâneas”, disse.

Para a gerente, o grupo do Projeto Palhaços de Propósito é um presente para a unidade. “Aqui foi um dos primeiros locais que começaram a divulgar o trabalho deles, agora já estão em diversos locais da rede estadual e em outras instituições também. Sempre tem uma data específica que eles vêm fazer essa animação para as crianças, hoje foi com músicas natalinas. É um momento de gratidão e de mostrar para essas mães que elas são importantes, pois passaram por tantos processos difíceis e aqui aprendem a ter segurança de cuidar dos filhos. Muitas mães têm medo de cuidar de filhos prematuros, mas aqui elas têm uma rede de apoio com uma equipe multiprofissional até a criança completar dois anos, depois são encaminhadas para a rede básica e alguns municípios encaminham para o tratamento  no Centro Especializado em Reabilitação (CER IV)”, explicou.

Segundo Glória, o Ambulatório faz mais de 13 mil atendimentos ao ano, sendo quase 1.200 atendimentos ao mês em diversas especialidades – neonatologia, pediatria, genética médica, cirurgia pediátrica, neurologia, cardiologia, oftalmologia, fisioterapia, fonoaudiologia, serviço social, nutrição e enfermagem.

Tratamento

A farmacêutica Glauciene dos Santos levou o filho de Paulo André, de dez meses, para tratamento, pois teve um parto de emergência na MNSL devido à síndrome de HELLP – complicação obstétrica com a elevação da pressão arterial. “Agora está bem. Todos os meses eu venho ao Ambulatório fazer o acompanhamento dele. Hoje ele foi atendido pela pediatra e pela fisioterapeuta. Eu gostei muito do tratamento desde a maternidade. É uma equipe maravilhosa e ainda faz estas celebrações nas datas comemorativas. O tratamento aqui é muito bom”, frisou.

O filho de Taís Farias nasceu prematuro na MNSL, e desde que saiu da maternidade faz tratamento no Ambulatório. “Ele é tão bem tratado e se desenvolveu muito. Também gosto muito das festinhas daqui, são muito organizadas e divertidas. Heitor fica muito alegre”, pontuou.

Fotos: Ascom SES

Publicado: 11 de dezembro de 2023, 16:59 | Atualizado: 11 de dezembro de 2023, 16:59