30 colaboradores do grupo ‘Salvar vidas não custa nada’ doam sangue no Hemose

Após quatro meses da última doação de sangue a campanha ‘Salvar vidas não custa nada’, retornou ao Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), nesta sexta-feira, 17, com cerca de 30 voluntários fidelizados. O grupo colabora com o serviço nos intervalos de noventa a cento e vinte dias, seguindo o regulamento técnico do Ministério da Saúde (MS) que orienta os procedimentos hemoterápicos no País.

 

Orgulhosa Zilda de Lima Santos, que coordena o grupo do município de Lagarto contou que faz questão de ajudar as pessoas e que fez da doação de sangue uma missão pessoal. “Gosto de conversar com as pessoas e explicar como é importante esse pequeno gesto, que tem grande valia para quem está hospitalizado e precisa da nossa ajuda”, declarou.

 

A próxima campanha do grupo está prevista para acontecer no mês de dezembro. “Quando acaba uma doação, eu já começo a planejar a próxima. O objetivo do nosso projeto é despertar o interesse das pessoas para doar sangue sempre, pelo menos duas vezes ao ano. E que, a cada nova doação, os membros convidem familiares e amigos para se juntar nessa caravana solidária, de amor ao próximo”, ressaltou Zilda.

 

Conforme a gerente de Captação de Doadores, Josceline Souza, as campanhas de grupos fidelizados representam o diferencial especialmente próximo do final de semana. “Quando os líderes de grupos nos procuram para realizar o agendamento de alguma campanha acima de vinte participantes, buscamos incentivar as doações no último dia útil da semana, no caso a sexta-feira, por conta da produção das plaquetas. Esse é um componente do sangue tem validade de apenas cinco dias”, explicou a gestora ao salientar que a doação é um gesto solidário, voluntário e altruísta.

 

Preparação

 

Para doar sangue, basta estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg. No dia da doação é recomendado que o doador compareça ao hemocentro bem alimentado. Também é importante evitar alimentos gordurosos quatro horas antes do procedimento, ter repouso mínimo de seis horas na noite anterior à doação, não ingerir bebidas alcoólicas e evitar fumar por pelo menos duas horas antes da doação. Mais informações no serviço social, através dos telefones: (79)3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

Publicado: 17 de agosto de 2018, 14:58 | Atualizado: 17 de agosto de 2018, 14:58