I Fórum QualiNEO discute estratégias para reduzir mortalidade neonatal no Estado

16 de maio de 2018

Com o objetivo de reduzir a mortalidade neonatal em Sergipe, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) realizou nesta quarta-feira, 16, no auditório do Centro Administrativo da Saúde, o I Fórum QualiNEO, que contou com a participação de profissionais da assistência materno-infantil para reunir e discutir as principais ações que já são desenvolvidas pela pasta voltadas à saúde da criança, a exemplo do Método Canguru, que é a atenção humanizada ao recém-nascido de baixo peso, o Hospital Amigo da Criança, os bancos de leite humano, a qualificação e habilitação de leitos neonatais e a reanimação e transporte neonatal.

 

O QualiNEO é uma estratégia criada pelo Ministério da Saúde (MS) que, além de ter como meta a diminuição  da mortalidade neonatal (primeiros 28 dias de vida), visa qualificar o atendimento ao recém-nascido de risco das maternidades das regiões Norte e Nordeste. Segundo Thereza Cristina Azevedo, coordenadora do QualiNEO do Estado de Sergipe, as Maternidades Nossa Senhora de Lourdes (MSNL), Santa Isabel e Zacarias Júnior trabalharão de forma unificada, ponderando as ações que possam ser desenvolvidas, dentro das boas práticas, para a redução da mortalidade.

 

“Todas estas maternidades foram convidadas para participar da estratégia QualiNEO para que a gente trabalhe juntos, com ações que vão desde o pré-natal, ao nascimento, alta do bebê e acompanhamento das crianças até os dois anos de vida. Sergipe está dentro da proposta do MS e ainda tem um índice relativamente alto de mortalidade neonatal, mas estamos desenvolvendo ações para a saúde da criança, qualificando os profissionais que trabalham diretamente com os bebês e incentivando a Atenção Básica dos municípios para a melhoria do pré-natal para que Sergipe reduza a esta mortalidade”, disse.

 

Já a coordenadora da Rede Materna da SES, Helga Muller, ressalta que o Estado abraçou a proposta do MS para que haja avanços na assistência materno-infantil. “O Estado já vem trabalhando com os municípios e existe um esforço concentrado para a melhoria do pré-natal na Atenção Primária, que é primordial para a diminuição da mortalidade neonatal. A SES abraçou o QualiNEO e as maternidades vão fazer um importante movimento para o progresso da assistência materno-infantil”, afirma.

Ações

E o superintendente da MNSL, André Nascimento, conta que a maternidade já desenvolve uma série de ações para a melhoria da assistência ao recém-nascido, como o aumento da captação de leite materno, o treinamento de mais de 60% dos profissionais da casa para a reanimação neonatal, e a realização do teste do coração, implantado recentemente na unidade. Para ele, com o QualiNEO, as ações serão potencializadas.

 

“Elaboramos um plano e a maternidade vem desenvolvendo uma série de ações para a melhoria da assistência, o que, consequentemente, contribui para a redução da mortalidade neonatal. Entre elas, está a iniciativa do Hospital Amigo da Criança, que consiste na implantação de boas práticas para o aleitamento materno e a criação de comissões internas para tratar dos indicadores da taxa de mortalidade. Com o fórum e o QualiNEO, as maternidades se unem ainda mais para potencializar as ações em prol dos rescém- nascidos”, declara.




Secretaria de Estado da Saúde
Praça General Valadão, nº 32
Centro - Aracaju/SE
CEP: 49010-520
Tel. (79) 3234-9500